Sul da Bahia- Parte V – Itacaré

Itacaré a surpresa

ITACARÉ: PAIXÃO A PRIMEIRA VISTA

 Confesso que para esta viagem ao sul da Bahia, não havia pesquisado sobre Itacaré que serviria apenas de passagem para seguir a Taipu de Fora na Península de Maraú.

Achava que era praia apenas para gente da grana coisa e tal.

Mas acabou sendo um dos pontos mais altos da viagem.

Após uma semana em Arraial, entregamos o carro em Porto Seguro e embarcamos no ônibus para seguir a Itacaré apenas como uma escala e nos planos alugaríamos um carro para ir a Taipu em busca das piscinas naturais.

A empresa Rota faz esse trajeto de Porto Seguro via a cidade de Itabuna, lá você pega outro que segue a Itacaré passando por Ilhéus.

Gastamos o valor de RS64.50 por pessoa e levou 7hs, sendo 370km de Porto Seguro, mas a demora é por conta das paradas.

Chegamos cansados pela tardinha e para “nossa sorte”, quebrou a rodinhas da mala (detalhe: recém comprada) e meu namorido teve que carregar no lombo quase 20 quilos.

Fomos então a procura de uma agência para alugar o carro e para “nossa alegria”,ninguém quis alugar.

Caso você queira ir a Maraú, pelo fato da estrada ser muito ruim, principalmente se ocorrer chuva, carros comuns atolam com toda a certeza, por isso as agências não alugam.

Então sem escolha saímos frustrados com a mala sem rodinha, sem carro, já anoitecendo e sem saber onde ficaríamos.

Foi perguntando daqui e dali que nos indicaram uma agência, chegando lá o sr de um apelido muito esquisito que agora não me recordo (vou tentar lembrar e depois acrescento aqui), nos deu a dica de apenas fazer o passeio nas piscinas e ficar em Itacaré.

Nos sugeriu a pousada e disse que seria certamente a melhor opção.

Naquela hora tudo que queríamos era um cantinho para ficar, pois estávamos sem almoçar e loucos por um banho e para descansar.

Então nos sugeriu a pousada Maresia, com preço bom, bem localizada, no centrinho principal, bem decorada, uma cama confortável, um ótimo café da manhã, com vista para árvores frutíferas e flores. Na frente, um restaurante de buffet, a comida muito gostosa e preço acessível chamado Taípa, fomos aos poucos nos familiarizando com o local.

Após jantarmos, saímos a caminhar pelo centrinho e ali começamos a achar que quebrar as rodinhas e não conseguir alugar o carro, foi a “nossa  sorte e a nossa alegria”, pois começamos a descobrir um lugar de uma energia diferente.

         No dia seguinte (uma sexta-feira) o Sr da agência, nos sugeriu de conhecer as praias próximas da vilinha e  fazer as piscinas de Taipu no sábado, pois seria a melhor maré.

 As praias de Itacaré tem características como  algumas do litoral do Rio de Janeiro, ou seja, são enseadas, cercadas de mata atlântica, águas transparentes, algumas o acesso é por trilhas, com a diferença de também serem emolduradas por coqueirais.

São extensas, outras menores, mas todas lindas, impossível de não se apaixonar.

Além de belíssimas cachoeiras refrescantes.

Infelizmente nosso tempo seria curto para conhecer tantas belezas que Itacaré oferece.

As praias que você faz a pé estão na sequência: Resende, Tiririca, Costa e Ribeira.

A Prainha é mais afastada, com acesso só por trilha de 40 minutos a partir da praia da Ribeira (aconselhável guia).

Essa infelizmente não fomos, ficou para a próxima visita e dizem ser uma das mais bonitas.

Seguem fotos: 

ACESSO A PRAIA DO RESENDE

PRAIA DA RIBEIRA

No dia seguinte fizemos o passeio a Taipu que seguirá como post seguinte.

Falaremos agora das outras praias que visitamos em Itacaré.

As agências oferecem passeios para as praias que ficam longe da vila.

Nós fizemos o das 4 praias Engenhoca, Hawaizinho, Camboa, Itacarezinho e mais a cachoeira do Taípe.

Para poucos dias não vale a pena alugar carro em Itacaré.

Fica a dica.

O passeio  custou R$64,00 para nós dois  e saímos com o próprio carro do guia e mais um casal.

O bom é que durante as trilhas o guia  te apresenta algumas frutas diferentes e você conhece um pouco  sobre a região.

A primeira trilha (20min)foi a Praia da Engenhoca, aqui fiquei desapontada, não pela natureza, mas pela invasão do homem, pois aqui tentaram fazer construções no meio da mata,que foram embargadas, além disso, quando se está no final da trilha, a primeira visão é de um monte de lixo.Ali funciona uma barraca e  o guia explicou que a prefeitura demora para retirar.

É uma pena, porque a praia é linda.

A PRAIA DA ENGENHOCA

A TRILHA

UMA DAS CONTRUÇÕES QUE TENTARAM FAZER NO MEIO DA MATA ATLÂNTICA

O LIXO NO FIM DA TRILHA- TRISTEZA

Seguimos para a praia de Hawaizinho:

Chegando a Praia de Hawaizinho

HAWAIZINHO

Peixinhos coloridos

PRAIA DA GAMBOA -AO LADO DE HAWAIZINHO

Uma das frutas que conhecemos na trilha -Abricó da Praia

Remela de gato

Seguimos para a última praia: Itacarezinho.

Mais extensa e mais procurada.

 

 

Para quem vai de carro a praia está localizada a 15 km ao sul de Itacaré. O acesso é pela estrada que leva a Ilhéus. Para chegar até a praia é preciso atravessar uma área particular. Tem estacionamento (R$ 10,00), mas o acesso é livre para pedestres.

Tem um único bar que é caríssimo, justamente por não ter concorrência.

Nós fizemos todas as 4 praias pela trilha.O guia busca o carro e depois te leva para a Cachoeira do Taípe, onde finaliza-se o passeio.

Onde ficar: http://www.maresiapousada.com.br/

Fale com Valmir o proprietário.A pousada é muito boa.

Com certeza quando voltarmos ficaremos lá.

Anúncios

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

Comentários sobre: Sobre o blog

Este é um blog para quem ama a vida, a natureza e é louco por viagens.

Este é um blog para quem ama a vida, a natureza e é louco por viagens.

%d blogueiros gostam disto: